Descubra como o neuromarketing e a psicologia das cores podem melhorar suas vendas

Dizer algo vai muito além da escolha das palavras corretas. Claro que a comunicação verbal também é importante, mas há muitas formas igualmente relevantes de comunicarmos, que nós devemos dominar, como promotores de vendas.

Você sabia que existem pesquisas sobre isso? O conceito de neuromarketing vem sendo estudado, como uma maneira de analisar as percepções dos consumidores e shoppers, transcendendo aquilo que as marcas falam sobre si, e atingindo a consciência do que é comunicado por meio de imagens e seus significados.

Um dos pontos chaves do neuromarketing, que é o que vamos abordar neste texto, é a psicologia das cores. Sim, as diferentes combinações de cores comunicam diversas coisas sobre a sua marca. Portanto, é essencial alinhar essas cores com aquilo que você deseja transmitir aos consumidores e shoppers. Continue lendo para compreender mais sobre neuromarketing e a psicologia das cores.

Receba oportunidades de emprego no seu e-mail!

De onde surgiu o neuromarketing?

É sempre bom pensarmos em como surgiu cada conceito que estamos conhecendo, para entendermos a sua aplicação. Portanto, vamos à história do neuromarketing. Conforme o escritor, co-autor do livro Neuromarketing: Understanding the Buy Buttons in Your Customer's Brain, palestrante e pesquisador Christophe Morin, o termo neuromarketing começou a surgir organicamente em 2002, não podendo ser atribuído a alguém específico. Ele explica que esse conceito é uma fusão entre dois campos de estudos: a neurociência e o marketing.

Basicamente, o neuromarketing surgiu como um estudo do comportamento dos consumidores a partir das suas atividades cerebrais. O professor de Neurociência no Baylor College of Medicine, Read Montague, foi o primeiro a fazer uma pesquisa nesta área, no ano de 2003. Atualmente, esta é uma área muito considerada, para que as marcas compreendam quais mensagens estão passando para o seu público-alvo.

Mas o que psicologia das cores tem a ver com isso?

Conforme já foi dito anteriormente, há muitas formas de se comunicar e a escolha de cores é uma delas. A partir do neuromarketing, foi possível analisar as atividades cerebrais das pessoas que se deparam com diferentes cores, ao escolher consumir ou não algo. Ficou curioso para saber o que as cores dizem? Então, confira essa lista que fizemos com as principais colorações:

1. Vermelho

O vermelho é uma cor que chama a atenção e se destaca. É muito comum vermos ele sendo utilizado em lancherias e restaurantes, por ter a capacidade de despertar o apetite. A cor também está muito presente em comunicados de promoção, por sinalizar a ação e a urgência.

2. Rosa

O rosa claro costuma ser ligado ao feminino, romantismo e beleza. Já o tom mais forte tende a ser usado para passar a ideia de modernidade. Ambos são comumente utilizados na divulgação de produtos para o público jovem. Outro espaço em que o rosa se encaixa bem é na exposição de doces guloseimas no PDV.

3. Amarelo

O amarelo é uma cor alegre, viva, que remete ao bom humor e ao otimismo. É uma ótima coloração para marcas que queiram passar essa imagem. Além disso, quando combinado com o vermelho, essa dupla também abre o apetite.

4. Laranja

O laranja é uma cor enérgica. Assim como o vermelho, ele desperta a ação, além da criatividade. É uma cor ótima para marcas que remetem à prática de esportes ou às artes, por exemplo. Também é uma boa opção para ações promocionais.

5. Verde

O verde tem tudo a ver com a natureza, o equilíbrio, a saúde e o frescor. É utilizado muito utilizado em produtos que queiram passar a ideia de matérias-primas que vêm da natureza, como cosméticos naturais, por exemplo. Também é uma boa cor para a área de medicina e de higiene.

6. Azul

O azul claro, assim como o verde, transmite frescor e tranquilidade. Ele também é uma boa opção para a área da saúde. Já o azul escuro é mais sóbrio e combina com produtos que queiram passar confiança e elegância.

7. Violeta

O violeta é muito ligado a modernidade, sabedoria e realeza. É uma ótima cor para produtos de beleza e marcas que estimulem a criatividade e o conhecimento. O tom mais claro, como o lilás, reflete a espiritualidade e o esotérico.

8. Marrom

O marrom é uma cor que transmite seriedade, estabilidade e segurança. Assim como verde, é uma boa opção para produtos com matérias-primas orgânicas, pois remete à terra. Também é uma cor interessante para produtos rústicos e caseiros.

9. Preto

O preto é a cor da sofisticação, da seriedade e da força. Ele passa confiança e a sensação de um produto mais profissional. Por exemplo, em linhas de produtos para cabelos, as embalagens em preto costumam ser dos produtos considerados mais eficientes e sérios.

10. Branco

O branco traz a imagem de pureza, transparência e limpeza. É uma ótima cor para a área da saúde. Também é interessante para se utilizar em PDVs onde se queira passar a imagem de organização e minimalismo.

Como aplicar a psicologia das cores no PDV?

Agora que você já conhece alguns dos efeitos das cores mais utilizadas no marketing, chegou a hora de saber como aplicar esse conhecimento no PDV. Afinal, esse é o espaço de encantamento, onde muitas vezes o shopper é convencido a fazer a compra.

Primeiramente, é importante saber com clareza a mensagem que a marca que você representa pretende passar para os consumidores. Consciente disso, o grupo de marketing deve produzir todo o material publicitário levando em conta as cores que se alinham com a comunicação da marca.

Até essa etapa, você, como promotor de vendas, não participa tão ativamente. No entanto, o seu papel é importantíssimo. Ele está em verificar se o PDV está utilizando as cores corretas e, além disso, observar a reação dos shoppers com os produtos expostos.

Você precisa analisar se o produto está vendendo, quais as cores que as marcas concorrentes estão utilizando, etc. Tendo acesso à essas informações, você deve compartilhar com sua equipe para que juntos possam criar a melhor estratégia de cores.

Gostou das dicas sobre neuromarketing e psicologia das cores? Confira também o post sobre o Rapport: a incrível técnica para vender mais. Se inscreva na nossa newsletter para não perder nenhum post aqui do blog e nos siga na página do Clube do Promotor no Facebook para conferir mais conteúdos exclusivos!