As 7 funções matadoras que todo coordenador de merchandising deve saber

Você é um promotor(a) de vendas e trabalha almejando o reconhecimento e a oportunidade de tornar-se um coordenador(a) de merchandising? Pois saiba que alguns degraus serão necessários subir e que muita desenvoltura é exigida para liderar uma equipe.

À você que já é um coordenador de merchandising sabe exatamente do que estamos falando. A liderança exige dedicação, jogo de cintura, empatia e muita paciência para lidar com as adversidades do dia a dia que uma equipe e clientes necessitam.

A responsabilidade da liderança em qualquer aspecto vai muito além de contratar, demitir, visitar clientes e capacitar seus liderados. Ser líder de uma equipe de merchandising exige muita disciplina e organização. Essa é a verdade. Infelizmente muitos promotores desconhecem as exigências que se submete um coordenador de merchandising, acabam sendo promovidos e por muitas vezes por falta de afinidade e perfil para esta função, se desmotivam, se frustram e muitas vezes se estressam tanto que adoecem.

O papel de preparar o coordenador é tanto da empresa que identifica no promotor as qualidades necessárias para liderar, quanto do próprio promotor que almeja esta função e precisa estar ciente de todas as responsabilidades que o cargo exige.

Desta forma, convidamos você a prender sua atenção no texto abaixo e verificar se realmente você está no caminho certo. Vamos ver se faz sentido para você?

Afinal, o que faz um coordenador de merchandising?

1. Estabelece junto com o promotor o roteiro a ser trabalhado

Sim, é papel do coordenador otimizar os roteiros de forma que ajude tanto o promotor em seu deslocamento, quanto a empresa com a redução de custos desnecessários. Estabelece a rotina diária e semanal através da otimização da rota e acompanha o desempenho tanto do cliente quanto do promotor.

É necessário que o coordenador saiba exatamente onde cada membro de sua equipe está naquele dia, naquela hora, salvo exceções que também devem ser comunicadas ao líder de equipe. Nada pode sair do seu controle. Existem atualmente várias tecnologias que ajudam neste sentido, mas falar sobre isto não é o objetivo deste artigo.

2. Acompanha o promotor em suas visitas

Por vezes encontramos profissionais trabalhando em companhia do seu coordenador. Também é papel do coordenador, capacitar promotores, ajudar na identificação de novas oportunidades do ponto de vendas e estreitar o relacionamento com os clientes.

O coordenador de merchandising tem a atribuição de elevar as compras dos clientes atendidos através da execução de merchandising em loja. Este é um dos medidores básicos das empresas para saber se o trabalho da equipe de merchandising está sendo efetivo. Portanto, não descuidar da equipe e do cliente faz parte da rotina do coordenador.

3. Realiza a logística dos materiais de merchandising

O coordenador é o responsável pelo recebimento dos materiais de merchandising e distribuição dos mesmos para os membros de sua equipe.
É necessário identificar primeiramente as principais lojas que precisam receber os materiais e ir distribuindo aos promotores conforme a necessidade.

Acompanhar a permanência e o cuidado dos materiais de merchandising é atribuição tanto do promotor quanto do coordenador. Campanhas de sucesso normalmente possuem excelentes e visíveis materiais de merchandising em sua exposição.

Receba oportunidades de emprego no seu e-mail!

4. Busca oportunidades de negócios

É atribuição do coordenador buscar oportunidades de negócios em suas visitas periódicas aos clientes. Enquanto o promotor desenvolve o seu trabalho de execução, o coordenador costuma dar um "giro" pela loja identificando oportunidades para o aumento da visibilidade de seus produtos ao shopper (quem compra).

Seja através da implementação de um ponto extra, uma ilha, um cross merchandising, a participação em um evento tradicional do PDV, enfim, inúmeras são as oportunidades a serem buscadas. Mas para isso o coordenador precisa desenvolver o relacionamento e identificar as oportunidades, caso contrário, a concorrência o fará.

5. Acompanha indicadores de performance

É natural que nem todos os dias da semana o coordenador de merchandising esteja no campo acompanhando o promotor ou visitando clientes de sua área de responsabilidade. Pelo menos um dia da semana é importante que seja destinado a verificação das metas do mês, da meta por promotor e por cliente acompanhando sua performance e a de sua equipe. Afinal, só se gerencia bem aquilo que se mede. As decisões tomadas com embasamento numérico trazem muito mais credibilidade para o trabalho do coordenador e de qualquer profissional que busca ser reconhecido.

Identificar pontos de atenção, traçar objetivos e orientar a execução é responsabilidade do líder, mas nada que não possa ser colaborativo. "Duas cabeças pensam melhor do que apenas uma", seja humilde. Os desvios precisam ser corrigidos ao longo do mês. Não se pode deixar tudo para os últimos dias pois a equipe acaba se atrapalhando, sentindo-se pressionada e geralmente as metas do mês não são atingidas. Por isso, estar atento aos números é função básica do coordenador de merchandising.

6. Desenvolve e participa dos treinamentos

Se a empresa estiver proporcionando um treinamento aos promotores, é fundamental e imprescindível que o coordenador esteja presente, uma vez que é dele a responsabilidade por levar as orientações adiante e tirar as dúvidas dos promotores que surgem no dia a dia.

Por outro lado, se o coordenador através do acompanhamento dos indicadores, sentir a necessidade de reunir a equipe para um bate papo ou orientação adicional, o mesmo não deve esperar que esta seja uma iniciativa da empresa. Deve ser dele esta iniciativa se houver a necessidade. Importante é cumprir com os objetivos traçados e entregar resultados, mas o medidor e as estratégias são de autonomia e responsabilidade do coordenador.

7. Ouve e Motiva

Sabemos que para ser um bom líder é necessário ouvir os membros de sua equipe. Naturalmente o coordenador precisa ser um bom ouvinte e possuir empatia. Só assim será possível estabelecer uma conexão profissional aberta com seus liderados. É necessário ainda tratar cada qual com as suas particularidades. Não somos todos iguais e o bom líder precisa estar atento a isso. Os melhores líderes que eu conheço são humildes, pense nisso!

Para aqueles que estão felizes em ser promotores, o coordenador precisa motivá-los e buscar oportunidades que os tornem ainda melhores. Já para os promotores que desejam desenvolver outras habilidades e pretendem se tornar um futuro coordenador, o líder precisa estar disposto a ajudar e possuir o desprendimento de tornar o promotor, melhor que ele, afinal não há com o que se preocupar. Bons profissionais têm emprego sempre. E eu tratei sobre este assunto no post O que eu aprendi sobre gestão de pessoas quando conheci a Netflix no Vale do Silício

O mercado "grita" por profissionais que lideram com entusiasmo e ajudam pessoas a realizarem seus sonhos.

E então? Faz sentido para você, ou esse texto não lhe ajudou em nada? Seja sincero, queremos melhorar.

Neste texto elencamos as principais funções do coordenador de merchandising, deixando bem claro que cada empresa dependendo da sua necessidade poderá acrescentar outras atribuições que irão atender necessidades específicas do segmento. Liderar um time em uma startup de tecnologia, que é meu know-how, pode ser bastante diferente de liderar um time de promotores de vendas, mas a essência é a mesma: seres humanos.

Estas são funções básicas que qualquer coordenador de merchandising precisa estar disposto a realizar, porém outras funções poderão lhe ser atribuídas.
Busque identificar se é aqui que você se encaixa e vamos juntos construir equipes mais felizes e resultados extraordinários?